Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Mais Notícias > Projeto Capacita Sul de Minas
ptenfrites
Início do conteúdo da página

Projeto Capacita Sul de Minas

Projeto Capacita Sul de Minas prepara mais de 200 pessoas em cursos de formação profissional

WhatsApp Image 2021 12 10 at 15.22.52 1Entre os dias 29 de novembro e 10 de dezembro, o Projeto Capacita Sul de Minas formou mais de 200 pessoas nas cidades de Machado, Paraguaçu e Elói Mendes. Ao todo, cinco cursos foram oferecidos pelo IFSULDEMINAS - Campus Machado em parceria com a empresa Terra de Cultivo e com as prefeituras de machado, Paraguaçu e Elói Mendes.

Com apoio de emenda parlamentar do deputado federal Odair Cunha (PT-MG), no valor de R$ 2 milhões, uma série de capacitações estão sendo oferecidas em todo sul de Minas. O objetivo é qualificar e capacitar mais de 15 mil profissionais, jovens e mulheres de 72 municípios sul mineiros até o fim de 2022. 

WhatsApp Image 2021 12 10 at 15.47.46Formações práticas e rápidas podem ajudar a inserir mais profissionais no mercado de trabalho, incentivando, inclusive, o empreendedorismo. Neste sentido, capacitações para corte e costura, eletricista, cuidador de idosos, preparador de alimentos e cuidados em horta comunitária foram foco de treinamento dos últimos dias. Adultos e jovens com mais de 16 anos e ensino fundamental, mesmo incompleto, participaram das aulas. 

Alberto Luiz de Souza mora em Carvalhópolis e atua como eletricista há 12 anos. Ele conta que fez vários cursos pelo SEBRAE e viu na seleção de instrutores a oportunidade de dar aulas novamente. Alberto explica que o curso é de 30 horas e que considera fundamental oferecer teoria e prática. Para que os alunos pudessem aliar as duas coisas, cumpriram uma semana de aulas teóricas e uma semana de práticas. 

Durante as duas semanas, os cursistas se mostraram bastante interessados e estão se formando com conhecimentos básicos de instalação residencial e comercial. O instrutor explica que os alunos ainda vão precisar de mais prática, pois o curso é de curta duração e oferece uma base para que possam se aprimorar.   

Fábio Gonçalves de Lima é de Paraguaçu e ingressou na capacitação para eletricista. Para ele, está sendo uma grande experiência. Embora a carga horária seja pequena, ele pretende sair do curso e executar alguns trabalhos em casa e para a família. “As aulas são muito dinâmicas e o professor ensina muito bem, tanto na teoria quanto na prática”. Mesmo sendo um curso mais básico, Fábio considera que abre portas para o mercado de trabalho, pois pode começar como ajudante e assim ir se especializando para crescer na área.

WhatsApp Image 2021 12 10 at 15.22.51 2Marina Silva já trabalhou com costura por três anos, mas se afastou da atividade por um bom tempo. Quando ficou sabendo do curso de Corte e Costura, se interessou e fez sua inscrição, inicialmente para completar a turma, mas se surpreendeu com a oportunidade. “Eu tô gostando muito, muito mesmo, porque lá a gente tá fazendo coisa que eu não tinha feito antes, camisolas, lençóis e fronhas. E aprender nunca é demais, além de estar praticando. Quanto mais você pratica melhor você fica. Eu acho que isso só tem a acrescentar na minha vida. O meu interesse é continuar trabalhando daqui pra frente. Se eu puder indicar o curso pra alguém, eu indicarei porque realmente a instrutora é muito boa e muito atenciosa”, conta.

 

Texto: Ascom/  IFSULDEMINAS - Campus Machado

Fotos: Divulgação

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página