Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Curricularização da Extensão
ptenfrites
Início do conteúdo da página

Curricularização da Extensão

Curricularização da Extensão

Diagrama de Processo

  

Diagrama de Processo - Curricularização da Extensão

Resolução IFSULDEMINAS nº 091/ 2019 - Curricularização da Extensão

 

ATIVIDADES DE EXTENSÃO

1 – Programas
2 – Projetos
3 – Capacitações – Cursos e Oficinas
4 – Eventos
5 – Prestação de Serviço

 

COMO DISTRIBUIR A CARGA HORÁRIA DA EXTENSÃO NO PPC

I – Como parte da Carga Horária (CH) de componentes curriculares não específicos – Via Projeto Integrador:
A – Indicar a CH da atividade de extensão na matriz curricular e na ementa;
B – A descrição de cada atividade de extensão será prevista no Plano de Ensino da disciplina;
C – Registrar as atividades de extensão no sistema de registro específico;
D – Promove a integração de disciplinas de um determinado semestre e em torno de um eixo temático.

 

II – Como componente curricular específico:

- Estarão na matriz curricular com a denominação de “Práticas de Extensão”, que deverão ser numeradas, caso necessário.

- A CH de cada Prática de Extensão prevista estará em uma das seguintes formas:
1 – Programa de Extensão;
2 – Projeto de Extensão;
3 – Curso de formação inicial – FIC;
4 – Evento de Extensão;
5 – Prestação de serviço.


Obs.: Cada Prática de Extensão deve ser validada pela Coordenação de Curso e registrada na Coordenação de Extensão.

 

VALIDAÇÃO DAS PRÁTICAS

- Para a Prática de Extensão poder ser contabilizada ela deverá estar prevista na Resolução IFSULDEMINAS nº 091/ 2019;
- A CH válida será aquela que for registrada no certificado emitido pela Coordenação de Extensão;
- O estudante deverá acumular CH dentro do período letivo de oferta;
- Uma atividade de extensão só poderá ser contabilizada uma vez;
- As práticas de extensão não serão validadas por “Reconhecimento de Saberes e Competências”.

registrado em:
Fim do conteúdo da página