Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Mais Notícias > Título de cidadão machadense
ptenfrites
Início do conteúdo da página

Título de cidadão machadense

Diretor do Campus Machado recebe título de Cidadão Machadense 

DSC 0705Desde 2014, cerca de 500 iniciativas extensionistas foram realizadas pelo IFSULDEMINAS - Campus Machado em prol da comunidade e especialmente voltadas à cidade de Machado. À frente da gestão do campus, nestes últimos anos, o professor Carlos Henrique Rodrigues Reinato, natural de Varginha, recebeu nesta quinta-feira, 16 de dezembro, o título de Cidadão Machadense. 

As honrarias concedidas pela Câmara de Vereadores e regulamentadas pelos decretos municipais nº 440/2021 e 409/2020, respectivamente para os títulos de Cidadão Machadense e Medalha de Honra ao Mérito “Dr. Carlos Roberto de Almeida”, foram entregues, nos dias 15 e 16 de dezembro, a 30 cidadãos que prestaram serviços considerados relevantes ao município. Duas sessões solenes foram realizadas no Espaço Luara Buffet, com 15 homenageados em cada uma.

WhatsApp Image 2021 12 17 at 13.22.41Carlos recebeu a homenagem dos vereadores Robson Oliveira Amano, Juliano Pereira Campos e os co-vereadores Márcio Swerts e Cláudio Carvalho. Durante a solenidade, ao se pronunciar, o professor agradeceu aos representantes da Câmara pelo reconhecimento. Ressaltou a importância do título para a instituição, que considera sua segunda casa. “O Instituto é a grande riqueza e o grande patrimônio da cidade de Machado. Muito obrigado pela consideração!"

Carlos se mudou para Machado em 2006. Na ocasião, assumiu o cargo de docente na então Escola Agrotécnica Federal de Machado, que só se transformou em campus do Instituto Federal do Sul de Minas em 2008. “A cidade me acolheu e fez parte da minha vida. Devo muito a Machado e ao povo machadense pela trajetória que vivi aqui. A escola e Machado se integram e se complementam… Dedico este título à nossa escola, a todos os servidores do Instituto, professores e técnicos administrativos, e principalmente aos alunos, aos nossos parceiros, sejam públicos ou privados”. 

Desafios e conquistas da gestão

DSC 0033Mais de 100 projetos de extensão desenvolvidos pelo campus, desde 2014, já alcançaram em torno de 70 mil beneficiados. Outra importante demanda atendida foi a oferta de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Cerca de 400 cursos tiveram quase 30 mil matriculados até o momento. Ao longo do ano, capacitações e projetos são promovidos com apoio dos servidores, colaboradores terceirizados, alunos da instituição e parceiros da iniciativa pública e privada para atendimento às mais variadas áreas, desde a oferta de cursinhos preparatórios, capacitações a públicos específicos, como produtores rurais, mulheres, crianças, população vulnerável e muitos outros. 

Diretor-geral por dois mandatos consecutivos, Carlos finaliza sua gestão em 2022. Foi diretor de Desenvolvimento Educacional, esteve à frente de vários projetos de pesquisa e extensão e fundou o Núcleo Institucional de Ensino, Pesquisa e Extensão (NIPE), integrando as três grandes áreas da instituição. A iniciativa foi implementada, posteriormente, pelos demais campi do IF. Um dos seus projetos de pesquisa conquistou a primeira patente de invenção do IFSULDEMINAS. 

DSC 0314Importantes obras foram construídas durante seu mandato, reformas significativas na estrutura da unidade, laboratórios e salas de aula, a nova entrada, pavimentação das ruas para acesso aos prédios, anfiteatro para mais de 400 pessoas, o espaço sociocultural e melhorias na estrutura da escola-fazenda. Diversos cursos superiores e de pós-graduação foram abertos, com destaque para o Mestrado em Alimentos, único curso stricto sensu do IFSULDEMINAS.  

DSC 0095Outra conquista foi a ampliação das parcerias com entidades públicas e privadas. Com articulação nas duas esferas, o Campus Machado tem captado recursos extraorçamentários para investimentos e ampliação da oferta de serviços à comunidade. Mais recentemente, um caminhão para beneficiamento de café nas propriedades rurais foi entregue ao campus.  Com a chegada do veículo, a instituição passa a atender um número maior de cafeicultores, de 60 a 100 produtores por safra, indo às propriedades para a prestação de serviço no local. 

Carlos é técnico em Agropecuária pela antiga Escola Agrotécnica de Bambuí, engenheiro agrícola, mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos e doutor em engenharia de Alimentos, com ênfase em secagem e armazenamento de grãos, pela Universidade Federal de Lavras (UFLA).  

 

 

 

Texto Ascom do IFSULDEMINAS - Campus Machado

Fotos Ascom e divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página